Teoria das Cordas

calabiyauart

Em Ciência, em particular na Física, para se resolver um problema começasse por o simplificar ao máximo (existe a anedota que conta que um Físico para calcular o volume de uma vaca, a considera, em primeira aproximação, uma esfera), depois, à medida que vai obtendo soluções e comparando com os resultados experimentais, vai compreendendo quais são as aproximações a evitar, de modo a aproximar-se cada vez mais da solução que melhor corresponde à realidade. No entanto, ainda que a complexidade vá gradualmente aumentando, procura-se em simultâneo verificar as relações que podem simplificar o problema. Estas relações não estão por norma “visíveis” na primeira abordagem simplista, e constituem por norma o conhecimento mais sólido que se tem sobre o problema, permitindo o evoluir da solução.

Continuar a ler

O Mundo das Partículas – Parte II

atom

Quem já leu a Parte 1 deste artigo poderá ter-se ficado a questionar: “os bosões são assim, os fermiões são «assado», e depois? Que consequências isso tem?” Na verdade estas partículas diferem em algo muito importante: enquanto que os fermiões são as partículas que interagem com as forças, os bosões são as partículas que as medeiam.

Newton introduziu a ideia de “forças à distância” para explicar a gravidade. Foi um conceito extremamente importante para a compreensão da gravidade e também do electromagnetismo. Entretanto descobriu-se que o electromagnetismo é mediado pelos fotões (que são bosões), e que também a força fraca e a força forte são mediadas por outros bosões. Curiosamente, ainda não se descobriu o bosão mediador da gravidade (o gravitão), o que constitui um dos grandes problemas na física de partículas (no chamado Modelo Padrão). Aliás, o próprio Modelo Padrão não é compatível com o gravitão, pois o mesmo trás consigo contradições que impedem que o modelo se acomode à adição desta partícula. A teoria mais conhecida para resolver este e outros problemas é a famosa Teoria das Cordas (que falarei num artigo posterior).

(English version: World of Particles II.) 

Continuar a ler